All posts tagged: sucesso

Dica para otimizar sua Produtividade

No comments

Sei que não é fácil gerenciar a mente para não cair nas diversas distrações que estamos sujeitos a sofrer no dia a dia de trabalho. O celular, por exemplo, representa uma das maiores das distrações, pois, através dele acessamos redes sociais, nos comunicamos com as pessoas através de mensagens ou telefonemas, acessamos notícias e e-mails pessoais.

O excesso de informação que temos hoje também provoca um certo “cansaço mental” e uma sensação de que você nunca estará atualizado sobre tudo, é impossível. Existem algumas coisas que podem te ajudar a lidar com isso e melhorar a sua produtividade. Avalie o que faz sentido e procure testar as sugestões no seu dia a dia:
•    Estabeleça um intervalo de tempo para verificar o celular: tirando situações urgentes, todo o restante pode ser verificado e respondido num determinado horário do dia, por exemplo, almoço. Ou num intervalo rápido no meio da manhã. Dessa forma, você não ficará ansioso e terá maior facilidade de se concentrar verdadeiramente nas suas atividades.

•    Faça uma lista no início do dia de todas as atividades que você precisa realizar naquele período: fazer isso logo no início do dia permite uma melhor gestão do seu tempo e sua atenção para assuntos importantes. Isso evita que você tenha aquela sensação de que não conseguiu concluir nada, mas fez tantas coisas ao mesmo tempo.

•    Faça um planejamento da semana: ter uma visão da semana sobre as principais atividades que você precisa focar, vai ajudar a priorizar em quais dias você dará maior atenção a quais assuntos. Ajuda inclusive no item acima, onde falei da lista de atividades do dia, pois, se você sabe o que precisa ser feito na semana, será mais fácil priorizar. E sempre tem aquelas atividades inesperadas, então, melhor estar preparado.

•    Procure evitar o acesso a e-mails do trabalho no horário de descanso: entendo que urgências podem existir, porém, meu alerta aqui é para a saúde mental. Quando você não descansa, sua produtividade cai por terra. No dia seguinte você estará sentindo o mesmo cansaço do dia anterior e isso vai só acumulando. Procure entender o que realmente é urgente.

•    Pratique atividade física e boa alimentação: quando não estamos bem de saúde, é uma questão de tempo até que isso comece a afetar a nossa produtividade no trabalho. Até mesmos suas funções cognitivas podem ser impactadas quando você não cuida da saúde mental, emocional e física. Alimentar-se bem e praticar atividades físicas ajudam a liberar o estresse do dia a dia e as pressões. Você se sentirá bem e revigorado para enfrentar mais um “dia de luta”.

•    Por fim deixo uma dica final sobre a prática da meditação: caso faça sentido para você, procure profissionais sérios que possam te ajudar a aprender a meditar e assim fazer com que você se empodere cada vez mais da sua mente a seu favor. Aprender a focar no momento presente faz com que você utilize melhor sua capacidade cognitiva e alivia o estresse.

Espero que essas dicas possam te ajudar a melhorar sua produtividade na sua profissão e principalmente, que ajudem a lidar com estresse e o excesso de informações que temos que lidar hoje em dia.
Faz sentido para você? Curta, compartilhe e mande seus comentários.

Abraços da Franciane Galvão
Coach da Vida Profissional

Melcina Moura MorenoDica para otimizar sua Produtividade
Leia Mais

Ser produtivo é ser multitarefa?

No comments

Talvez muitas pessoas respondam “sim” para essa pergunta. Porém, é preciso separar aqui os conceitos claramente e por isso estou trazendo um estudo conduzido pelo professor Earl Miller, neurocientista do Instituto de Tecnologia de Massachusetts e pioneiro no estudo da atuação multitarefa no cérebro.

Ele realizou estudos com voluntários, cujos cérebros foram escaneados durante os testes, e descobriu que na verdade nosso cérebro não é tão eficiente quando tentamos desempenhar várias tarefas ao mesmo tempo. Quando forçamos duas atividades ao mesmo tempo estamos sobrecarregando nossa capacidade cognitiva, por exemplo, escrevendo um e-mail e falando ao telefone. São atividades que utilizam a mesma região do cérebro, então o que vai acontecer? Ele desacelera e não conseguimos fazer bem nenhuma das duas atividades.

Pessoal, é o mesmo que dirigir e digitar e/ou falar ao celular – perigosíssimo e proibido.

Miller inclusive defende uma linha de pensamento onde devemos evitar ao máximo a atuação multitarefa e que talvez muitas pessoas estejam se iludindo achando que conseguem ser produtivas dessa maneira. E tem mais uma crença relacionada a produtividade que é falsa: estar extremamente atarefado e ter que ficar horas a mais no trabalho não significa que você seja produtivo, pelo contrário. O conceito simplificado de produtividade é fazer mais, conseguindo bons resultados e com poucos recursos – destaco aqui BONS RESULTADOS!

Tentar ser multitarefa para mostrar que está sendo produtivo contribui para o aumento do estresse mental. Ficamos ineficientes e isso se torna um ciclo vicioso: nos esforçamos para sermos multitarefa, demoramos mais para terminar as atividades, nos sentimos estressados e com a sensação de que não fizemos nada, e com isso, nos forçamos a continuar tentando fazer várias tarefas ao mesmo tempo para compensar. Sem falar da qualidade questionável destes trabalhos – onde fica o BOM RESULTADO?

Amanhã trarei algumas dicas para você sobre produtividade. Por enquanto, deixo algumas reflexões: você vem atuando dessa forma “multitarefa” na vida profissional? Como está a qualidade do seu trabalho? Você sente que sua mente está estressada?

Abraços da Franciane Galvão
Coach da Vida Profissional

Melcina Moura MorenoSer produtivo é ser multitarefa?
Leia Mais

Mindfulness

No comments

A dica de hoje é uma sugestão para que você proporcione a si mesmo momentos de relaxamento e descanso mental. A meditação mindfulness traz uma técnica simples e poderosa para tratar stress e provocar inúmeros resultados positivos na saúde.

O fato de você colocar sua mente em estado de foco total no momento presente alivia ansiedade, melhora diversas funções cerebrais e proporciona melhoria na qualidade de vida. O cérebro humano é fantástico e muitas vezes não nos atentamos para a nossa própria capacidade mental de tornar a nossa vida melhor.

Existem diversas consultorias que proporcionam cursos estruturados para ensinar as técnicas e algumas empresas estão investindo nessa capacitação para seus profissionais. Uma das razões é que as pessoas começam a lidar de forma mais equilibrada com os problemas que aparecem.

O maior benefício é que a partir do momento que você obtém o conhecimento e a prática desta meditação, toda a sua vida é impactada positivamente. Fica a dica!

Abraços e até breve.

Franciane Galvão
Coach de Vida Profissional

Melcina Moura MorenoMindfulness
Leia Mais

Assédio moral no trabalho e os riscos à sua saúde

No comments

Significado de assédio: insistência inconveniente, persistente e duradoura em relação a alguém, perseguindo, abordando ou cercando essa pessoa.

É um tema bastante debatido no país, e a quantidade de denúncias vem aumentando. Os pesquisadores acreditam que as pessoas sentem mais coragem para denunciar, uma vez que mais empresas, principalmente multinacionais preocupadas com a imagem, oferecem canais seguros para isso. Uma pesquisa realizada pelo Vagas.com e publicada pela BBC Brasil em 2015, mostra que dos 4975 profissionais entrevistados, 52% disseram ter sido vítimas de assédio sexual ou moral.  A maior parte das pessoas que não denunciou declara que o motivo é o medo de perder o emprego (39%).

Antes de entrar mais a fundo no tema de assédio, quero contextualizar um pouco sobre as relações humanas no ambiente de trabalho.

Existe uma complexidade que é esperada e natural nas relações entre diversos seres humanos trabalhando e convivendo por horas num mesmo ambiente todos os dias ou mesmo à distância, por exemplo, home office, utilizando a tecnologia para se comunicar e trabalhar com outras pessoas.

Por que é complexo? Bom, cada Ser está ali atuando com suas crenças, valores, conhecimentos, histórico familiar, maturidade emocional, enfim, inúmeros aspectos que nos diferenciam. Existem as pressões por resultado e desempenho. E existem as ambições, expectativas e toda aquela comunicação não verbal, que diz muito. O jeito de dizer as coisas diz mais ainda.

É imprescindível o desenvolvimento de habilidades de comunicação, escuta ativa, empatia, respeito, tolerância entre tantas outras coisas se quisermos contribuir para um ambiente harmonioso, com conflitos saudáveis. Para reforçar isso, muitas empresas determinam políticas e normas de conduta que norteiam as relações entre os profissionais, uma vez que elas sabem que o clima organizacional impacta na produtividade e na sua imagem no mercado.

Eis que no meio disso tudo existe um ser humano, geralmente numa posição de poder, assediando uma ou mais pessoas. Veja a definição de assédio moral: exposição dos trabalhadores a situações constrangedoras, duradouras e repetitivas durante o exercício de um trabalho, geralmente acontece em relações em que há subordinação hierárquica.

A pessoa que comete o assédio moral, no fundo, sente que algo ameaça o seu “poder” e suas ambições. Ela tem necessidade de diminuir pessoas ao seu redor, às vezes uma pessoa em específico. É lamentável por si só, e acrescento que é capaz de contaminar o ambiente de trabalho e pior, incentivar comportamentos parecidos em outros profissionais que estão se desenvolvendo e que se espelham nisso porque de alguma forma faz sentido para eles. Exemplos: gritos, insultos, propagação de boatos, humilhação pública entre outras ações.

Existe também o assédio organizacional. Neste caso a empresa determina uma série de estratégias que forçam determinado funcionário a pedir demissão. Um exemplo é a determinação de metas exageradas.

O mundo dos negócios precisa evoluir com ética e respeito. Quem muda esse mundo? As pessoas! Mas quem? Eu, você, cada um de nós. O assédio traz consequências negativas para a saúde psicológica e física da vitima. Inúmeras pessoas procuram terapias e muitas delas não conseguem enxergar uma saída.

Não existe fórmula para resolver, mas existem algumas ações que precisamos tomar. A primeira tentativa de resolver o caso envolve uma conversa com quem está cometendo assédio onde, dependendo do caso, quem assediou não percebe o que está fazendo. Isso se deve pelas diferenças que comentei no início do texto: valores, crenças, histórico familiar…etc. Na mente dessa pessoa, ela não fez nada de errado, portanto, é nosso papel dizer que isso não deve se repetir, os motivos e consequências. Obviamente que se for assédio sexual a denúncia deve ser feita.

Reflita sobre o que está acontecendo e se realmente configura assédio. Na persistência do ato, ou seja, se quem assedia age dessa maneira com consciência, mesmo depois de ter sido alertado por você, deve ser denunciado. Se a empresa não oferece um canal específico voltado para isso, procure a área de Recursos Humanos. Compartilhe também com colegas de sua confiança, de repente existem outras pessoas sofrendo a mesma situação. Para qualquer denúncia é preciso ter provas, caso contrário o problema não será resolvido.

Nenhuma das ações citadas é possível no seu caso? Talvez, medidas mais drásticas devam ser tomadas e você precisa avaliar os prós e contras. Será que um caminho é procurar outro trabalho? Será que é mover uma ação?

Eu sei que é um assunto delicado, difícil e revoltante. Se estiver passando por isso, veja se as orientações acima fazem sentido para você – uma decisão precisa ser tomada. Sua saúde está em jogo.

Abraços e até breve!

Franciane Galvão
Coach de Vida Profissional

Melcina Moura MorenoAssédio moral no trabalho e os riscos à sua saúde
Leia Mais

Passeio Zen

No comments

Está mais do que entendido pelas pessoas hoje a importância do equilíbrio entre a vida profissional e pessoal certo?
Já que estamos aqui não custa reforçar: uma não existe sem a outra.
Para você existe?
Então permita-me perguntar: como é a qualidade da que está sendo sacrificada?

As grandes empresas vêm procurando meios de flexibilizar algumas políticas para viabilizar esse equilíbrio, mas tem também o nosso lado, ou seja, o que cada um de nós pode fazer para garantir isso. Isso posto, venho aqui compartilhar uma dica de lazer. Todos merecemos não é mesmo?

Minha dica é um passeio “zen”, com muito respeito às diversas crenças que existem.

Pessoalmente foi um passeio muito especial que fiz em família, onde fomos conhecer o Templo Zu Lai em Cotia – São Paulo.

É um passeio que abre nossa mente para conhecer algo diferente e nos traz aprendizado, como tudo na vida não é mesmo?

Gostou da dica? Espero que possa aproveitá-la.

Confira mais informações!

Até breve.
Franciane Galvão

Melcina Moura MorenoPasseio Zen
Leia Mais

Você tem um objetivo claro na sua vida profissional?

No comments

No texto passado lancei algumas perguntas como: “Quais são as suas habilidades?” e “O que brilha os seus olhos?”. Fiz também um convite para que você assistisse um filme que considero muito especial chamado “Poder Além da Vida”, gravado em 2006, que fala de autorealização. Farei uma análise abaixo com o objetivo de compartilhar com você algumas conclusões que podem te ajudar a melhorar o seu foco de vida profissional seja qual for.

Existem dois principais questionamentos no filme que julgo serem muito profundos quando refletimos sobre a nossa vida profissional. Um deles é quando “Sócrates” pergunta ao Dan o que ele faria da vida senão entrasse para a equipe olímpica, e a outra, se ele era feliz. Apesar de ter uma meta estabelecida Dan não estava verdadeiramente focado, por exemplo, ele não seguia orientações de autocuidado que seu treinador falava e corria riscos desnecessários que poderiam afetar justamente aquilo que segundo ele, era sua maior meta de vida. Ele não soube dizer o que faria da vida se a meta não se concretizasse e chegou à conclusão que não estava vivendo, não estava focado e tinha excesso de “lixo mental” poluindo seu cérebro.

Um dos ensinamentos que o filme nos passa, na minha opinião, é justamente o impacto dos pensamentos o chamado “lixo mental” que nos atrapalha e nos tira do nosso objetivo. Pessoalmente acredito que a felicidade acontece em  momentos diversos do dia a dia, principalmente quando vivemos com autenticidade respeitando a nossa essência e criando o amanhã no presente momento. Os pensamentos são viabilizadores da autorealização e desta felicidade, pois, é por meio deles que atraímos as situações e agimos de acordo.

Quando Dan limpou a mente, acreditando no seu objetivo sem conflitos internos em relação ao seu sonho, passou a viver cada dia com atitudes congruentes em todas as áreas da vida. Ele passou a sentir a vida todos os dias.

Faço um novo convite para que você experimente esvaziar a mente de pensamentos negativos por alguns minutos. Procure dentro de você uma meta real de vida profissional e reflita sobre suas atitudes. Será que estão congruentes com o seu sonho?

Minha intenção não é dizer que tudo tem que ser perfeito.
Não existe perfeição, estamos constantemente enfrentando desafios e aprendendo. Apenas, que é importante ser congruente com aquilo que você realmente deseja para sua vida e que tudo pode ser melhor sim!

Até breve.
Franciane Galvão
Coach da Vida Profissional

Melcina Moura MorenoVocê tem um objetivo claro na sua vida profissional?
Leia Mais

Como anda a sua motivação na vida profissional?

No comments

A primeira reflexão que eu quero trazer para você é justamente sobre um sentimento que muitas pessoas têm em suas vidas profissionais: desmotivação. Ela desencadeia outros problemas, não apenas no trabalho, mas na vida como um todo. Seja qual for o motivo, impacta todos os lados: a pessoa, a empresa, a família e até amigos. Sem falar nas possíveis complicações na saúde emocional, física e mental.

E aí eu trago mais uma pergunta. Será que vale a pena sacrificar a saúde até este ponto? Eu sei que muitas respostas aqui seriam “mas estamos em crise, não tenho escolha”, “ganhando salário está bom”, “é como a sociedade funciona, não temos como mudar”….enfim, entre tantas outras respostas possíveis. Apesar de tudo isso, você já parou para pensar no seu propósito de vida e como você pode ajudar as coisas a serem melhores?

Não existe perfeição muito menos ausência de problemas. Caso contrário não estaríamos aqui. Apenas acredito que podemos melhorar e desenvolver o autoconhecimento para tomarmos as rédeas da nossa vida como um todo, incluindo a área profissional e assim lidar com crises e problemas de forma mais equilibrada.

O que é certo para você? Quais são as suas habilidades? O que brilha os seus olhos? E olha, tudo isso pode estar em coisas simples, não precisa ser mirabolante. Ou que seja mirabolante se fizer sentido para você!

Convido você a assistir um filme muito especial que traz uma reflexão profunda sobre autorealização: Poder Além da Vida (2006). Na próxima reflexão, vou falar sobre ele.

Aproveite e dica! Fique à vontade para enviar perguntas ou comentários.

Até breve.

Franciane Galvão Coach

Melcina Moura MorenoComo anda a sua motivação na vida profissional?
Leia Mais