All posts tagged: MenteMagra

Você está estressado?

No comments

Por que ficamos estressados?

No contexto da sociedade atual, estamos predispostos a diversos afazeres, projetos, planos, metas, isso advindo de prazos, datas, cobranças, mudanças, interferências internas e externas no dia a dia.
Nessa turbulência toda, inicia-se uma preocupação excessiva, uma tensão nervosa exagerada, bate o desespero, a ansiedade e o stress.
Isso cabe ao homem e à mulher, mas como a temática do mês é A Mulher vou me ater a elas.
Não é para menos que de acordo com dados do Programa de Avaliação do Estresse da Beneficência Portuguesa de São Paulo mostram que as mulheres são mais estressadas, por conta de conciliar o trabalho e a reponsabilidade com a família.
Andar estressado é muito preocupante, pois acarreta muitos problemas de saúde para nosso corpo e nossa mente, como por exemplo: alimentar-se mal, falta de hidratação (água), respirar com dificuldade, ficar ofegante, dor de cabeça, dor de estômago, insônia, coração acelerado, irritar-se com facilidade, baixa imunidade, fica vulnerável a doenças crônicas como hipertensão e a obesidade.

O que fazer?

Sei que é difícil quando estamos estressados manter a calma, mas vale a pena tentar:
1.    Respire – quando respirar o oxigênio chegará até o cérebro e os pensamentos ficaram mais delineados e com mais clareza. Respire pelo nariz profundamente e solte pela boca – faça isso 10 vezes.
2.    Concentre-se no que está fazendo agora, se precisar peça ajuda expondo os seus pensamentos.
3.    Manifeste suas emoções através da dança, do canto, da música.
4.    Se você sentir numa situação de desespero, de nervosismo intenso, mude o foco da sua mente lendo um livro, conversando com um amigo, fazendo uma caminhada.
5.    Permita-se dizer “não”. Saiba que é impossível agradar a todos. Você em primeiro lugar.
6.    Sorrir, brincar, namorar, perdoar, trará a sensação de bem-estar.

Fez sentido para você? Mande seus comentários, curta e compartilhe.

Até breve.
Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor forma

Melcina Moura MorenoVocê está estressado?
Leia Mais

A deliciosa ARTE de COLORIR!

No comments

Hoje é sábado, primeiro sábado após o carnaval e a sugestão de lazer para esse final de semana é algo mais tranquilo, suave, relaxante, envolvente e contagioso.

Vamos colorir e descobrir o talento da pintura?

São os livros com ilustrações próprias para colorir, com flores, folhas, mandalas, animais e figuras geométricas que prometem combater o estresse do dia a dia através da pintura e ainda envolver a família toda.

O propósito à tanta tecnologia e tanta praticidade, é voltar a trabalhar habilidades que exigem paciência e atenção e dedicação aos detalhes, pontos que são normalmente esquecidos na rotina atual das pessoas, colorir com ousadia e foco, mas de uma maneira leve e desacelerada do cotidiano.

Para psicologia comportamental a nova tendência de colorir traz muitos benefícios, tais como: o treino da concentração e da criatividade, por mexermos com o nosso lado lúdico; diminui o estresse; diminui a ansiedade e aumenta a tolerância à frustração.

Ficou animada com todos os benefícios da atividade e com a delícia de poder se distrair em família colorindo imagens lindas?

Mas não tem tempo de comprar um destes livros ou prefere pintar só algumas páginas?

Sem problemas, pesquise na internet sites que tem uma seleção de desenhos florais, de folhagens, de mandalas e de figuras de animais que você pode imprimir em casa, na quantidade desejada sem desperdício de papel, e colorir como desejar.

Aproveite todos os benefícios, solte sua imaginação, sua criatividade juntamente com seu talento artístico misturando muitas cores, consequentemente estará trazendo todo esse colorido para sua vida pessoal e para o seu convívio familiar.

Boa diversão! Bom final de semana!

Depois compartilhe conosco a sua obra de arte.

Até breve.

Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoA deliciosa ARTE de COLORIR!
Leia Mais

Fernão Capelo Gaivota, Richard Bach

No comments

“Quero apenas saber o que posso e não posso fazer no ar, só isso. Quero apenas saber…
Não se esqueça de que a razão por que você voa é comer.
Tudo isso é tão sem propósito, …
Sou uma Gaivota. Sou limitado por minha natureza.
Meu Pai tem razão. Preciso esquecer essas tolices.
…seria uma Gaivota normal. E essa decisão tornaria todos mais felizes.
Promessas desse tipo só valem para Gaivotas que aceitam o comum. “

Fernão Capelo Gaivota é um clássico de Richard Bach, é uma leitura rápida e uma história curta.
Esse romance é atemporal e para todas as pessoas.

Uma leitura para refletir, pensar, tirar ensinamentos e pontos de vista como a aceitação, a humildade e o perdão.

Confesso que quando li pela primeira vez foi superficial, parecia a história de uma gaivota rebelde simplesmente,
não fiz uma ligação com a maneira de como eu vivia. Eu era uma das gaivotas acomodadas, submissas as leis e as regras.

Mas a verdadeira rebeldia era na busca pelo sentido da sua existência e não simplesmente o ato de voar baixo e comer
igual a todas para sobrevivência.

A Gaivota queria ser ousada, queria derrubar as barreiras contra tudo e contra todos, sair do comodismo, da estagnação,
queria ir além da sua imaginação e ter a liberdade de voar além do seu limite.

O livro Fernão Capelo Gaivota desperta para a busca de conhecimentos e que tudo é questão de treino e repetição, ter a
mente aberta e saber desprender-se dos conceitos antigos, independente da dificuldade que for, inclusive em relação a
sua redução de peso, ao seu bem-estar, a Sua Melhor Forma.

Você pode ter muitos planos, você pode descobrir infinitas possibilidades de ser, aprender e ensinar.

Tudo o que desejar só depende de você e da sua resposta diante das dificuldades.

Leia e releia este livro com os olhos do Coração.

Boa leitura!

Até breve.
Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoFernão Capelo Gaivota, Richard Bach
Leia Mais

Conheça os 12 Sabotadores que atrapalham a Mente Magra.

No comments

Os pensamentos sabotadores atrapalham muito a transformação e o sucesso do emagrecimento.
Você já prestou atenção no seu pensamento?

Veja se tem algum pensamento sabotador em comuns:
1.    Eu gosto tanto de comer…
2.    Só hoje um pouquinho não fará diferença…
3.    Estou emagrecendo tão bem, eu mereço comer um pouquinho a mais…
4.    Final de semana, feriado, férias, festas… eu mereço um mimo (recompensa).
5.    Vou comer, depois eu queimo na academia com mais treinos.
6.    Sei que não posso comer, mas só agora…
7.    Já que comi o que não devia, vou continuar comendo até o fim do dia…
8.    Não consigo resistir à esta comida…
9.    Nunca vou emagrecer…
10.    Emagrecer é tão difícil…
11.    Se eu não repetir o prato vou sentir fome em breve…
12.    Estou com fome, isto é muito ruim, quero comer, preciso comer!

Estes pensamentos são considerados sabotadores.
Se você tem ao menos um deles, procure controlar racionalmente antes de comer.
Para amenizar este problema, procure alterar esses pensamentos sabotadores com pensamentos que irão lhe trazer recompensas a longo prazo e na Melhor Forma.

Ficou motivado a mudar esses pensamentos, eu posso ajudar você.
Mande um e-mail ou entre contato pelas redes sociais.
Vamos planejar o emagrecimento com a Mente Magra in Corpore Sano.

Até breve.
Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoConheça os 12 Sabotadores que atrapalham a Mente Magra.
Leia Mais

Sal rosa do Himalaia: descubra porque ele é o sal mais puro do planeta

No comments

Fonte: site – Dicas de Mulher

Comenta Camila Secches, endocrinologista titulada pela SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia), especialista em nutrologia pela ABRAN (Associação Brasileira de Nutrologia) e professora de endocrinologia da Faculdade de Medicina de Itajubá.
Atualmente existe um interesse crescente das pessoas por alimentos e hábitos de vida mais saudáveis. O desejo de cuidar da alimentação, em especial, é muito valioso. Mas, muitas vezes, as pessoas se veem “perdidas” diante de tantos “conselhos” e opções oferecidas pelo mercado alimentício.

Camila explica que o Sal Rosa do Himalaia é naturalmente rico em iodo. “Tem menos do que ¼ da sua composição em sódio e contém mais de 80 tipos de minerais e elementos que incluem magnésio, cálcio, potássio e bicarbonato”, diz.

Por conter tantos minerais, o Sal Rosa do Himalaia, de acordo com a endocrinologista Camila, pode estar associado a diversas situações:
•    Manter o equilíbrio hidroeletrolítico do corpo;
•    Restaurar o pH do estômago;
•    Diminuir o risco de doença do refluxo gastroesofágico;
•    Reduzir a incidência de bócio (aumento da tireoide);
•    Prevenir câimbras;
•    Manter a boa saúde dos ossos e dentes;
•    Ajudar o intestino a absorver nutrientes.

“É naturalmente isento de microrganismos e, por ter menos sódio do que o sal comum, tem menor impacto nos níveis pressóricos”, acrescenta Camila.

Sal Rosa do Himalaia  X  Sal Marinho  X  Sal Comum

Sal comum: Camila explica que o processo de refinamento do sal comum elimina todos os seus minerais e preserva apenas cloreto e sódio. “O sódio é o principal responsável pelo aumento da pressão arterial ”.
“Além disso, o sal comum passa por um processo de clareamento químico e tratamento com substâncias antiagregantes (para não formar grumos quando exposto à umidade) e é desnecessariamente aquecido a altas temperaturas. E ainda, o iodo adicionado ao sal muitas vezes é sintético, o que dificulta o aproveitamento adequado pelo corpo”, acrescenta a especialista em nutrologia.

Sal Rosa: o Sal Rosa do Himalaia, por sua vez, não sofre refinamento ou processamento, nem recebe aditivos químicos. “É naturalmente rico em iodo”, destaca Camila.

Sal marinho: apesar do sal rosa vir das montanhas, ele tecnicamente também é um sal marinho, conforme destaca Camila. “O Sal Rosa do Himalaia é a forma mais pura de sal marinho disponível. O Sal Rosa é melhor do que o sal marinho, mas qualquer sal marinho é nutricionalmente superior ao sal comum. Quanto mais refinado for o sal marinho ou qualquer sal, pior será a sua qualidade. O sal rosa é comercializado puro, sem passar por nenhum processo químico, nem por refinamento ou processamento”, destaca.
Como usar o Sal Rosa?
Ele é utilizado para cozinhar, como substituto do sal comum, e também para temperar saladas, por exemplo. “Blocos de Sal Rosa são também usados como tábuas para servir e/ou preparar alimentos. Peixes e alguns cortes de carne podem ser preservados em Sal Rosa antes do seu preparo. Os blocos de Sal Rosa podem ainda ser aquecidos a temperaturas de 200 a 400F e usados como superfície de cozimento”, diz Camila.

A quantidade diária recomendada está relacionada ao teor de sódio e não deve exceder 2,3g ou 2.300mg de sódio, conforme destaca a endocrinologista.

O Sal Rosa também é usado em cosméticos como sais de banho. “Tomar banho de banheira com Sal Rosa do Himalaia promete ser uma experiência relaxante e terapêutica para mente e corpo”, diz Camila.

Cuidado com os excessos!

Apesar dos benefícios que pode oferecer à saúde, vale lembrar: o Sal Rosa do Himalaia também não deve ser consumido em excesso.

“Para cada 1g de Sal Rosa há 230mg de sódio. A recomendação atual para evitar hipertensão e doenças cardiovasculares é não exceder 2.300mg de sódio por dia. O que equivale a 10g de Sal Rosa. 1 colher de café de sal tem 3g, portanto 3 colheres de café e meia de Sal Rosa do Himalaia é a quantidade máxima que podemos usar”, explica Camila.

“Para pessoas com mais de 40 anos, afrodescendentes, portadores de hipertensão, diabetes ou de doença renal crônica, a quantidade recomendada é menos do que 1.500mg de sódio por dia, o que equivale a 6,5g de Sal Rosa ou 2,5 colheres de café”, acrescenta a endocrinologista.
Camila destaca abaixo as principais dicas para diminuir o consumo de sal (em geral) no dia a dia:
•    Sempre provar o alimento antes de temperar.
•    Adicionar o sal apenas depois que o prato estiver pronto.
•    Usar de preferência o Sal Rosa ou outro sal marinho, que permite salgar a comida com menor quantidade de sódio.
•    Abusar dos temperos como salsinha, cebolinha, pimenta do reino, páprica, açafrão e curry.
•    Evitar alimentos industrializados, comida congelada pronta, molhos prontos e molho shoyo que contém muito sódio na sua composição.

Agora você já tem as informações que precisa para tirar suas próprias conclusões e decidir se, apesar de custar um pouquinho mais caro, vale a pena substituir o sal comum pelo Sal Rosa do Himalaia!

Fica a dica!

Até breve.
Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoSal rosa do Himalaia: descubra porque ele é o sal mais puro do planeta
Leia Mais

Pic-Nic em família. Que tal planejar?

No comments

Vamos definir e distribuir as tarefas:
Os adultos irão cuidar em encontrar o parque ou o local adequado, serão os responsáveis pelo transporte, arrumar as bicicletas, levar a bola, as pipas e se quiser outros atrativos como jogos de tabuleiro.

Também vão cuidar do cardápio com lanchinhos, guloseimas, frutas, bebidas aromatizadas e água.
Separar os copos, talheres, pratos, guardanapos e toalhas e pode levar algumas flores para colocar em sua toalha.

Opa, não esquecer o saco de lixo e se possível produto descartáveis, para deixar a natureza em ordem.

As crianças e os adolescentes irão se dividir em ajudar os adultos e ficam responsável pela decoração e arrumação no parque.

Chegou o dia do pic-nic e a animação esta contagiante, tudo pronto.

Escolhido o parque ao ar livre lá tem muitas árvores, pássaros, gramas verdinhas, lago, flores; e os atrativos serão as bicicletas, bola, peteca e as pipas.
Os lanchinhos deliciosos e saudáveis de patê com frios, bolo e biscoitos, tem frutas como maça, pera, banana e uva, água, suco natural e também gelatina.

Que delícia tudo fresquinho e saudável e não esquecer de beber muita água, pois é verão muito calor.

Tudo sendo posto na grande e linda toalha xadrez branca e vermelha.

O passeio está perfeito, harmonioso, com alimentos saudáveis, brincadeiras animadas, com pés descalços, sentados ao chão sem nenhuma preocupação e sim com muita alegria, descontração, risadas e união.

Como é bom a sensação de liberdade de andar de bicicleta e sentir o frescor do vento no rosto, brincar de vôlei, peteca e queimada com a família em meio a muitas gargalhadas, é tudo muito divertido e depois para dar uma relaxada e desacelerada no corpo é a hora da pipa com seu imenso rabo onde irá alcançar o mais longe que os nossos olhos possam alcançar nesse céu imenso e azul.

Que dia Maravilhoso!

O que achou da sugestão? Ficou empolgado?
Agora é só resgatar a emoção dos tempos de criança e deixar a imaginação fluir!

Até breve.

Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoPic-Nic em família. Que tal planejar?
Leia Mais

Conquistar a sua MELHOR forma é um dos seus projetos para 2017?

No comments

Não conseguiu a sua melhor forma em 2016?

Está frustrado e decepcionado com seu desempenho?

O que mudar e melhorar para conquistar a sua Melhor Forma?

Proponho três atitudes simples para iniciar a mudança e atingir seu objetivo:
1 – Nunca fale a palavra DIFÍCIL – quando falamos que é difícil emagrecer o cérebro se coloca em posição de defesa e tenta achar uma saída para o problema e paralisa diante da dificuldade, vamos substituir a palavra difícil por desafiante.
É desafiante emagrecer, o cérebro imediatamente vai buscar soluções para o problema e vai entrar em um estado de alerta.
A simples troca da palavra difícil por desafiante fará com que o cérebro crie outras ações e atitudes para resolver o problema.

2 – Nunca fale Perder Peso – a palavra perder nos remete a prejuízo, não importa se é peso, basta relacionar com perda o cérebro associa ao negativo. Substituir por Ganhar
A partir de agora vamos trocar o pensamento de perder por: ganhar a Melhor Forma, ganhar corpo magro, ganhar autoestima, ganhar confiança.

3 – Tenha um Diário da Melhor Forma – esse diário será o seu amigo confidente, tudo que você comer ou todos os momentos que você sentir a necessidade de comer escreva nele e depois irá identificar se foi uma fome estimulada por uma emoção para preencher um vazio emocional ou uma fome de comida mesmo, fome física.

Conquistar a Melhor Forma ou Emagrecer, não é sacrifício e nem privação, é sim uma mudança de atitude e de hábitos.

Mudanças de atitudes e de hábitos que também levam a Saúde Mental.

Fez sentido para você? Ficou motivado para alcançar a Sua Melhor Forma?
Eu posso ajudar você?

Sinta-se à vontade para entrar em contato.
Deixe seu comentário.

Até breve.

Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoConquistar a sua MELHOR forma é um dos seus projetos para 2017?
Leia Mais

11 Soluções para Manter a Melhor Forma nas Férias

No comments

Mais um período de férias se aproxima.
Janeiro para muitos é férias do trabalho, férias escolares.
Momento para passear, viajar, relaxar, passar com a família.
Conhecer lugares novos, culturas diferentes, alimentos e temperos também diferentes.

Com toda essa diversidade é importante manter a mente e o corpo na melhor forma, é um período onde se deseja a liberdade de comer de tudo e a qualquer instante, mas depois se arrepende e fica com a mente pesada, o corpo sem forma e com a dor do arrependimento.

Aqui vão as 11 soluções:

  • O café da manhã. Coma o que está acostumado a comer, sem desculpas nos exageros e que assim pode atrasar a hora do almoço e não jantar.
  • Essa maneira, você vai sentir muita fome à noite e acabar comendo guloseimas.
  • Ao viajar longas distâncias de carro ou ônibus, prepare um lanche leve com frutas, iogurtes, sanduíches com queijo branco e leve bastante água.
  • Caso você pare em restaurantes e/ou lanchonetes na estrada, procure escolher esse tipo de alimento na hora que tiver fome.
  • Ande bastante. Além de conhecer melhor o lugar, ajuda a manter a forma.
  • Tenha em mente o “não exagero”. Quer experimentar algo típico da região, tudo bem, apenas não exagere na quantidade.
  • Procure comer menos quantidade à noite.
  • Escolha água natural ou água de coco ao invés de refrigerantes ou bebidas alcóolicas.
  • Lembre-se sempre de ouvir seu organismo e comer apenas quando sentir fome-física.
  • Coma devagar, prestando atenção ao que está comendo e quando estiver satisfeita, pare!
  • Viajando, normalmente, come-se muito em restaurantes, bares. Fique atenta aos cardápios, faça a melhor escolha e não coma toda a porção se não for necessário, só porque está pagando pela comida.

Valorize-se! Você não é qualquer pessoa para comer qualquer coisa!

Tenha certeza de que a recompensa será comer bem, para viver melhor e com muita diversão.

Mente Magra in Corpore Sano.

Até breve.

Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura Moreno11 Soluções para Manter a Melhor Forma nas Férias
Leia Mais