Melcina Moura Moreno

Estilo de Vida Saudável.

No comments

O projeto de Estilo de Vida Saudável é uma tarefa de ajustes na rotina diária e algumas mudanças de hábito.

Fácil?   NÃO.
Possível? SIM.

Vou colocar seis dicas que pode auxiliar no seu projeto:
1.    Faça um diário alimentar – tenho-o como o seu melhor amigo – faça uma programação de cardápio para a semana. Escreva nele tudo o que comeu, isso fará ter uma ideia exata onde pode ocorrer os deslizes dos seus hábitos.
2.    Trace um objetivo para iniciar a reeducação em sua rotina, pois só dará certo se for um projeto de vida focado em um ideal. Tenha um prazo de médio e outro de longo tempo.
3.    O exercício físico como prioridade na rotina semanal. No início pode ser chato e desconfortável, mas movimentar-se é essencial para sair do sedentarismo.
4.    Dividir o seu tempo em suas principais tarefas; dormir/alimentar-se/trabalhar/praticar exercícios/ espiritualidade/lazer – programar-se.
5.    Momentos de lazer, descontração – socialmente/sozinho/familiar – isso cria bem-estar e auto estima, organizar finais de semana, feriados e férias.
6.    Não seja tão duro consigo, ter foco e disciplina é importantíssimo, qualquer mudança requer repetição para gerar hábito, então não se puna, desejar resultados mágicos lhe trará frustração e abandone de projeto.

Decidir mudar é ato de coragem, mas o seu bem-estar e sua vida saudável não tem preço e sim comprometimento e disciplina, saiba aproveitar o melhor da vida.

Basta Querer!

Até Breve
Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoEstilo de Vida Saudável.
Leia Mais

Emagrecer é a meta?

No comments

NÃO.

Emagrecer é o resultado de um projeto de vida saudável.

Vida saudável não está relacionado somente com a alimentação, mas sim em viver com qualidade em todos os aspectos.
Necessário cuidar da alimentação em função dos nutrientes e vitaminas, praticar exercícios físicos para fortalecer a musculatura, resistência respiratória e flexibilidade, muito importante também cuidar da saúde mental, espiritual e emocional
Temos que priorizar as coisas certas e organizar o tempo.

Conquistar e preservar uma vida saudável é o objetivo de muitos, mas muitos são as influências que atrapalham.

A vida é composta de hábitos, se hoje você não está no seu estado desejado, procure rever seus hábitos, alterar – quebrar hábitos não é fácil.

Eleja cinco hábitos que você deseja mudar e inicie fazendo ajuste todos os dias de uma forma contínua e definitiva.

Mentalize que você quer mudar seu estilo de vida, deseja uma vida saudável gradativamente sem imposições, cobranças, mas muita disciplina e determinação.

Seja grato e celebre cada conquista alcançada no dia.
Tenha certeza que passo a passo vai alcançar o objetivo de uma Vida Saudável e por consequência o desejado peso ideal – emagrecimento.

Tenha gratidão por sua vida e Ame-se!
Vamos começar?

Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoEmagrecer é a meta?
Leia Mais

Cuidados alimentares até na adolescência? SIM.

No comments

Estar na adolescência é viver um turbilhão de grandes mudanças físicas, psíquicas, emocionais até a vida adulta.
Um momento de muitas influências externas como de professores, pais, amigos, colegas e ainda as internas que são as suas próprias ideias.
Na alimentação isso não será diferente, muitas vezes esse adolescente passarão a maior parte do tempo na escola ou sai de uma escola e vai para um cursinho, então – onde comer? E o que comer?
As coisas mais atrativas são os fast food, comidas rápidas que possuem um valor nutritivo muito baixo, e justamente nessa fase que os jovens mais precisam de uma alimentação saudável para o desenvolvimento físico e intelectual.
Os principais problemas apontados e que podemos contorna-los com um esforço de ambas as partes são:
•    Tomar café da manhã: pular essa refeição implica em muitas horas sem se alimentar, se privam de nutrientes necessários para manter a concentração.
•    Evitar Petiscos: adolescentes adoram comer fora de hora com petisco poucos saudáveis. Escolha opções saudáveis para beliscar tal como frutas.
•    As refeições principais: o exemplo deve vir de casa, se for necessário se alimentar em restaurantes ou fora de casa, prefira produtos ricos em nutrientes de baixo teor de gordura e sódio, prefira as bebidas naturais, iogurtes e chás, se for lanche que seja com pão integral e algo natural possível..
Nessa fase tudo pode se tornar rebeldia, mas com paciência e disposição, é possível proporcionar uma melhor alimentação aos jovens adolescentes.
Tenha certeza que o futuro deles agradece.

Até breve.
Claudia Moura Oliveira
Coach da Melhor Forma

Melcina Moura MorenoCuidados alimentares até na adolescência? SIM.
Leia Mais

Uma das decisões mais complexas que enfrentamos na adolescência: a escolha da profissão!

No comments

A fase da adolescência é repleta de sonhos e expectativas. Dúvidas, anseios e medos também. E sendo tão jovens, não tem como não dizer que esta é uma decisão bastante complexa porque diz respeito à uma área da vida responsável pelo nosso sustento, dignidade, independência e desenvolvimento. Nossas escolhas aqui definirão pessoas que conheceremos, conhecimentos devemos buscar, aprendizados e conquistas.

Compartilhando um pouco da minha história, quando era adolescente eu queria ser advogada, astrônoma, administradora, cantora…lembro que tinha vários interesses. Foi complicado escolher apenas um e levei em consideração meu desejo pela independência.

Com humildade, e tendo passado por isso, gostaria de compartilhar algumas orientações que podem ajudar você, caso esteja passando por este momento em sua vida:

  • Autoconhecimento: estamos em constante desenvolvimento de habilidades, atitudes e podemos sempre adquirir novos conhecimentos independente da idade. Ainda na adolescência é essencial analisar que habilidades você já consegue perceber em si mesmo, seus potenciais e o que você gostaria de desenvolver. Isto ajudará a direcionar um pouco mais o próximo item.
  • Interesses: reflita sobre seus interesses à respeito das profissões e indústrias. Que tal listar todos eles para poder analisar melhor e começar a ponderar quais poderiam tomar o rumo profissional? Existem inúmeras possibilidades hoje, e eu jamais diria para você restringir demais suas opções…o mundo está em constante avanço e muito do que sabemos hoje no mundo dos negócios mudará. Saber de suas afinidades e interesses ajudará no próximo item.
  • Mercado: entender os dois primeiros itens ajudará você a refinar suas pesquisas à respeitos das profissões que te interessam. Busque ler mais sobre as indústrias de seu interesse e procure entender quais são as tendências no mundo dos negócios.

Faz sentido para você que o mundo precisa cada vez mais de pessoas que se sintam engajadas em seus trabalhos, seja a área que for? Você acha que isso traz mais qualidade de vida e bem-estar? Isso tem total relação com as escolhas que fazemos em nossa vida profissional.

Convido você, jovem que está neste momento decidindo qual área profissional vai seguir, para estas reflexões acima. Pondere com cuidado as sugestões que receber entendendo consigo mesmo o que está disposto a enfrentar pelas suas escolhas. Cada um de nós deve buscar aquilo que faz sentido para nossa existência porque é isso que fará com que a nossa jornada seja real, seja de luta, seja fiel aos nossos objetivos e sonhos. E não significa que não mudaremos no futuro…

Faz sentido?

Abraços fraternos da Franciane.

Melcina Moura MorenoUma das decisões mais complexas que enfrentamos na adolescência: a escolha da profissão!
Leia Mais

Adolescência Saudável em 4 Ações!

No comments

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a adolescência compreende o período entre 10 e 19 anos, fase de transição da infância para a vida adulta.

Todos já passamos por ela, temos plena consciência das suas dores e delícias!
É o momento marcado por impulsos do desenvolvimento pleno da pessoa: físico, emocional, mental, sexual, social e intelectual, porque é o momento das escolhas vocacionais, para atingir os objetivos relacionados com as expectativas culturais e financeiras do meio social onde vive.

Essa fase recheada de conflitos, dúvidas e surpresas principia com as surpresas corporais na puberdade, que cedem espaço para conflitos de aceitação, pertencimento, autoestima e se fecha, quando a pessoa consolida seu crescimento físico, sua personalidade torna-se estruturada e, progressivamente esse jovem vai adquirindo independência econômica, reconhecimento profissional, integrando-se em grupos diversos que sejam condizentes com seus parâmetros pessoais e suas ambições sociais.

Falando assim, parece, sim, PARECE simples, linear, harmônico. Contudo, esse período de transição pode tornar-se muito complicado para as pessoas envolvidas no desenvolvimento desse ser humano: o adolescente e seus pais.

Adolescente:

Você talvez já tenha dito isso algumas vezes: “PQP, eu sei o que estou fazendo!” “Já não sou mais criança, posso decidir!” “Você já disse isso, não cansa!?” “Me esquece!” (Sai irritado, bate a porta do quarto, quer morrer, sumir, desintegrar.) “Eu não quero passar o findi no sítio da vó, meus amigos estão combinando uma festa na casa da Paty!”

Ou talvez feito o seguinte: Camufla o fone de ouvido, aumenta o volume, enquanto seus pais fazem o discurso conhecido do quanto você errou, da sua dificuldade de entender a situação, do quanto eles estão investindo no seu futuro, que só querem o seu bem… blábláblá!

Pais: Você disse isso – com certeza – para seu filho, parente ou adolescente do seu convívio: “Você já não é mais uma criança!” “Você já está bem crescidinho para isso!” (quando o teen tem um comportamento inconsequente)  “Enquanto você estiver sob meu domínio, você tem de me obedecer!” “Você é uma criança, não sabe o que faz!” “Você ainda não pode decidir isso!” (diante de uma atitude adolescente que contraria a ordem do lar)

Queridos Pais e Filhos, vocês estão diante da adolescência!!!!

Momento tensão para ambos, porque os pais, muitas vezes demonstram incapacidade de compreender e lidar com as mudanças tempestivas dos seus filhos, que buscam estruturar sua própria identidade, questionando as regras, driblando os limites propostos, isso é resultante de uma enorme instabilidade emocional e o desejo de crescer rápido se impõe com força e lógica, mas com imaturidade e inexperiência, próprias da idade.

Sim, queridos pais, é um VERDADEIRO desafio diários entender, conviver, equilibrar-se com este turbilhão de emoções e comportamentos.

O tempo passou, queridos!

Aquelas crianças estão treinando para serem adultos, por isso se tornam críticos, guardam segredos de você, tais como seus medos, suas angústias, suas paixões, sua intimidade e seus heróis.

Todos nós fomos e somos influenciados pelos heróis, nossos pais também configuram como heróis na construção da identidade do filho. Contudo, os adolescentes se revoltam contra os modelos paternos.

Você pode me perguntar: Por quê?

Eu lhe digo que isso acontece, porque o adolescente pensa que essa revolta é sinal de sair do domínio dos pais, significa pensar com a própria cabeça e possui seus benefícios, como por exemplo: separar e fortalecer a própria identidade e pertença aos próprios grupos sociais.

Outro item que pode se transformar em obstáculo nessa relação Pais e Filhos é diferença de gerações que se traduzem na diferença como se vê o mundo, a excassez de tolerância com a polaridade das pretensões entre os papeis pais e filhos adolescentes, gerando um aumento no comportamento rebelde e oposicionista.

Todo adolescente está focado em si mesmo, no seu mundo interno, por isso desvia o interesse do mundo exterior, para se diferenciar, tornar-se autônomo, ele fantasia que esse recolhimento compensa suas inseguranças na própria presença no mundo real. Nesse momento a ruptura com toda forma de autoridade se expressa com evidência nas ausências nas atividades familiares, nos relacionamentos com os pais, professores, treinadores e mentores espirituais.

A dificuldade de aceitar a autoridade dos adultos é equivalente à impaciência dos adultos em entender a instabilidade dos adolescentes.

Apresento-lhe agora 4 alicerces para a construção de uma adolescência saudável para seu adolescente: afeto, independência, negociação e diálogo.

Como colocar esses ingredientes – alicerces – na prática? Como ter  uma adolescência saudável em 4 ações?

  1. Sinta Afeto:

Respeite o momento da pessoa que está na fase da adolescência. Cada um conhece a dor da adolescência, mas somente quem está vivendo sabe a SUA dor e que – certamente – é diferente, porque somos seres individuais.

  1. Construa Independência:

Respeitando o adolescente, você receberá o mesmo respeito. Todo adolescentes se considera maturo e não gostam de dar satisfações, em parte aprendizado com os adultos da família, por outro ângulo, esses teens precisam aprender que partilhar ideias, destinos e sentimentos, não significa fraqueza, mas sim partilhas. Seja exemplo! Fale sobre seus equívocos, seus medos, abrindo o canal, para que seu filho se sinta confortável e faça o mesmo, sem o medo de ser julgado.

  1. Desenvolva a Arte da Negociação:

Construa com seu filho contratos de boa convivência, esses acordos devem ser respeitados tanto por você (modelo a ser seguido) quanto por ele (resposta adulta ao modelo). Deixe claros e explicado os porquês de algumas proibições, restrições, assim como deixe claro quais são os seus objetivos com essas atitudes. Quando o adolescente entende e faz sentido para ele, a resposta é uma pessoa flexível, ousada, segura para ser ela mesma, porque ela conhece seus direitos e deveres, assim como conhece os riscos, ao romper o pacto. Desse modo acabaram as ameaças, castigos, brigas e arbitrariedades e surgem a flexibilidade, entendimento gerando progresso.

  1. Pratique a humanidade do Diálogo:

Esteja disponível, para entender a linguagem do seu filho, as músicas, os ídolos, a estética. Converse sobre como foi na sua adolescência. Conte sua história, suas dores, suas brigas com seus pais e como você e eles resolveram as diferenças.

Esteja aberto para ouvir sobre os amigos, os ‘ficantes’, respeitando a privacidade, a individualidade.

Desse modo você terá plena liberdade para altos papos sobre sexo, drogas, DST, com tranquilidade e rotina, porque as partes têm confiança um no outro, para compartilhar a vida.

Sabemos que uma família que respeita, ela agrega não só valor, mas também seus membros de maneira eterna.
A ação de transformação começa com o adulto – sempre – as crianças e os adolescentes aprendem com exemplos.

Bora lá, ser congruentes e educar pessoas mais seguras, íntegras e felizes.

Abraços Fortalecedores da Melcina.

“Estamos VIVOS!
Kaizen: Melhoria Contínua, porque O MELHOR – ainda – está por vir.”

Melcina Moura MorenoAdolescência Saudável em 4 Ações!
Leia Mais

O que significa FERIADO PROLONGADO PRA VOCÊ?

No comments

A pergunta pode soar como óbvia demais. Sim, você pode estar certo. Quero apresentar novas possibilidades de enxergar o feriado prolongado: trabalho,  empreendimento, viagem, descanso, ócio, ócio produtivo.

Trabalho. Muitas pessoas passaram os próximos 4 dias, ou parte deles trabalhando, empregando suas habilidades profissionais com maestria, justificando o seu contrato de trabalho e remuneração.

Empreendimento. Outras pessoas, se quisessem poderiam borboletear, mas como possuem metas claras a serem alcançadas, aproveitarão esses 4 dias, para empreender, apresentar seu negócio para terceiros, ficar em casa criando estratégias, escrevendo postagens, alinhando treinamentos…

Viagem. As estradas já estão lotadas, a rodoviária e os aeroportos também. São pessoas que usarão os 4 dias para conhecer novos lugares, rever parentes, desfrutar de momentos em família, nas estradas. Os hoteis e pousadas ficam lotados, pequenas cidades ganham sons novos, muitos risos e gargalhadas, porque VIAGEM TRANSFORMA.

Descanso. Muitas pessoas aproveitarão os 4 dias, para dormir mais, ficar largado no sofá, permanecer de pijama, usufruir a ausência de compromissos obrigatórios, evitar o trânsito. Assistir a filmes, ler, dedicar-se a hobbies.

Ócio. Com o mesmo sentido de “bundar”, ou seja, sem planos. A lei do mínimo esforço!

Ócio Produtivo. Usar o tempo de “bundar”, para criar músicas, poesias, textos, pinturas, receitas culinárias, dialogar com a família, brincar com crianças e pets, liberar a criança livre, fotografar, andar de bike, fazer caminhadas, remar…

Existem diversas maneiras de VIVER um FERIADO PROLONGADO, todas são corretas, são viáveis, são interessantes, desde que VOCÊ ESTEJA PRESENTE.

Você tem escolhas para VIVER os próximos 4 dias, até a falta de escolha é uma escolha, sabia????

Faça de sua escolha A MELHOR oportunidade de estar com você, de usufruir da sua MELHOR companhia: VOCÊ e assim SER uma EXCELENTE companhia para quem estiver ao seu lado.

Diante do HOJE. Vivemos AQUI. Estamos no AGORA. Temos a NÓS MESMOS.

Agora, compartilha comigo, respondendo à minha pergunta: O que significa FERIADO PROLONGADO PRA VOCÊ?


Abraços Festivos da Melcina.

“Estamos VIVOS!
Kaizen: Melhoria Contínua, porque O MELHOR – ainda – está por vir.”

 

 

 

 

 

Melcina Moura MorenoO que significa FERIADO PROLONGADO PRA VOCÊ?
Leia Mais

Les Misérables: Livro, Filme em casa, Teatro Renault? Tudo tem seu valor.

No comments

“Enquanto houver lugares onde seja possível a asfixia social;
em outras palavras,
e de um ponto de vista mais amplo ainda,
enquanto sobre a terra houver ignorância e miséria,
livros como este não serão inúteis.”

O tempo tratou de eternizar este livro, publicado em 1862 cuja história começou a ser planejada no início da década de 30, um romance que abordasse a miséria e injustiça social, retratando a filosofia política de Victor Hugo: Um mundo onde há cooperação – e não luta – entre as classes; onde o empreendedor desempenha uma função essencialmente benéfica para todos; onde o trabalho é a via principal de aprimoramento pessoal e social; onde a intervenção estatal por motivos moralistas – seja do policial ou do revolucionário obcecado pela justiça terrena – é um dos principais riscos para o bem de todos que será gerado espontaneamente pelos indivíduos privados.

Um opositor confesso da violência aplicada ao poder democrático, seguidor dos Direitos do homem e do Cidadão, mas um defensor voraz do uso da violência contra um governo ilegítimo. Esse ideário está presente em diversas de suas obras tanto em prosa quanto em verso, assim como sua crença na vida após a morte, como no poema À Villequier, de 1854:

“Eu digo que o túmulo que sobre os mortos se fecha
Abre o firmamento
E o que acreditamos aqui em baixo ser o fim
É o começo.”

Hoje, 155 anos depois do lançamento do romance, que se transformou em musical da Broadway, que se transformou em filme, em quadrinhos e vem se apresentando ao mundo nas diversas mídias – através dos tempos – confirmando a diacronicidade de uma temática, evidenciando a miséria humana, o preconceito, a inversão de valores, mas principalmente, o PODER TRANSFORMADOR DO AMOR.

Convido você para se maravilhar com o musical Les Misérables. Evite pré-julgamentos quanto a esse musical que alia: música e canto ao vivo (orquestra), dança, interpretação primorosa em cenário e iluminação de pura maestria. O Teatro Renault é – sem dúvida – um ícone de espaço requintado, cuidado e propício para espetáculos da grandeza de Les Misérables, entre obras incríveis, tais como: A Bela e A Fera; O Fantasma da Ópera, O Rei Leão, Miss Saigon, Cats, Mama Mia.

Se quiser, você pode assistir ao filme Os Miseráveis no Netflix, antes de contemplar essa narrativa no teatro. Você merece conhecer o Teatro e o espetáculo!

Dicas de Lazer da semana: Ler o livro. Assistir ao filme. Contemplar o Musical no Teatro.
Não necessariamente nesta ordem.

Ouça uma canção do Musical Les Misèrables em cartaz no Teatro Renault, São Paulo!
Chamo atenção para o fato de que são interpretações ao vivo e a melodia é responsabilidade de uma orquestra. Ahh! Mais isso eu já falei.

Comprar os ingressos diretamente na bilheteria com a possibilidade de degustar um café e outras delícias – tem seu valor. Economia sustentável, para direcionar para um vinho, ou chopp – após o espetáculo. Muita oferta de estacionamentos ao redor.

Bora lá conhecer e se deliciar com esse MARAVILHOSO espetáculo: sozinho, a dois, três, grupos, galera!

Abraços Musicais da Melcina.

“Estamos VIVOS!
Kaizen: Melhoria Contínua, porque O MELHOR – ainda – está por vir.”

Melcina Moura MorenoLes Misérables: Livro, Filme em casa, Teatro Renault? Tudo tem seu valor.
Leia Mais

Crise? Bora surfar! Crie.

No comments

A inversão de valores gerou a tsunâmica crise financeira que todo o povo brasileiro surfa dolorosamente: desemprego, inadimplência crescentes. A fim de conter o desespero generalizado, o avanço da desesperança deve tornar-se efetivo, uma vez que se está na crista da onda.

Há a necessidade de restabelecer o equilíbrio entre o mundo interno e o mundo externo, para fortalecer o encontro de novas possibilidades de solução, construindo uma realidade mais digna, mais produtiva diante dos ideiais de cada brasileiro.

Crise no governo, crise financeira, crise de valores morais e éticos, aumentando o índice de desemprego e, portanto, de desesperança. Essa situação gera – no trabalhador ocioso, sentimentos  conflitantes com emparedamento emocional contrastando com a criatividade na busca de novas possibilidades de solução.

Lembro-me da canção: “Silêncio na cidade não se escuta!”, o povo está mais silêncio, mas não está calado – o povo teme pela sua sobrevivência. A falta do trabalho, o comércio letárgico também são sinais da depressão que se apresenta.

O mundo interno está inseguro, triste e angustiado, porque o mundo externo se apresenta muito hostil. Teme-se pelo filho. Teme-se pela segurança. Teme-se pela sobrevivência digna. É muito desesperador para o trabalhador, não cumprir com seus compromissos, ter seu nome sujo. Essa perda de dignidade promove diversas doenças psicossomáticas, tais como: gastrites, anorexia, bulimia, ansiedade, síndrome do pânico e depressão.

Se, uns buscam a Superação na fé, na religiosidade o apoio, o fortalecimento para essa dor; outros, se apóiam em vícios; alguns, se trancam tanto que cometem atos irreversíveis; poucos são os que encontram novas oportunidades, para obterem o seu sustento, a sua sobrevivência.

O fato é que estamos numa tsunami, apesar de gigante é uma onda. Ela vem e destrói, mas passa. Temos diversas maneiras de olhar e de enxergar tal situação crítica. Ela arrasa, mas permite a reconstrução – a melhor e mais produtiva com FOCO na solução.

Assumir atitudes de Resiliência, tais como: contenção dos gastos supérfluos; redução das despesas fixas; valorizar os passeios ao ar livre; predomínio dos alimentos caseiros e naturais; trabalho em equipe de toda a família. A postura resiliente propicia a convicção de que essa crise é temporária, é um desafio, portanto, podemos vencer.

Bora surfar na Tsunami, aprender com ela e desfrutar da vitória.

Abraços criativos da Melcina.
CEO

“Estamos VIVOS!
Kaizen: Melhoria Contínua, porque O MELHOR – ainda – está por vir.”

Melcina Moura MorenoCrise? Bora surfar! Crie.
Leia Mais

Livre-se do Trago da Morte com 8 atitudes!

No comments

Como diz o poeta Caetano Veloso: “É proibido proibir!” Todos temos o direito à escolha, inclusive de participar do grupo de mais de 200 mil pessoas cuja morte seria plenamente evitável.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que o tabagismo é um problema de Saúde Pública, diante dessa realidade, desde 1986, todo dia 29 de agosto, comemora-se o Dia Nacional de Combate ao Fumo, graças à lei nº 7488, criada com o intuito de conscientizar e mobilizar a população sobre os riscos decorrentes do consumo do tabaco. Temos dois tipos de fumantes: os ativos e os passivos.

Fumantes Ativos pessoas que consomem o tabaco diretamente, a causa mortis mais frequente está vinculada a: infarto do miocárdio, enfisema pulmonar, derrame e alguns tipos de câncer, tais como: traqueia, laringe, brônquio e pulmão. Esse último é responsável por 90% da mortalidade, pois destaca-se que as chances de cura são bastante reduzidas. Outras complicações também importantes: impotência sexual no homem, infertilidade da mulher, hipertensão e diabetes.

Já, os Fumantes Passivos sofrem com o risco aumentado de desenvolverem câncer de pulmão e doenças cardiovasculares e respiratórias (asma e pneumonia). Mulheres fumantes podem ter partos prematuros e seus recém-nascidos com baixo peso.

Isso todo mundo sabe!
Sim, todo os habitantes do planeta Terra, a partir da adolescência sabe.

Apesar das campanhas conscientizadoras, das leis de restrição do Ato de Fumar em ambientes públicos…. Evidencia-se em muitas residências o ALTO índice de poluição resultantes da fumaça oriunda de objetos fumantes, de tabaco e outras drogas fumáveis.

Graças à Droga Psicoativa, conhecida como Nicotina, o vício começa  – principalmente na adolescência – com a experimentação, camuflagem de medos e inseguranças,  busca pelo prazer e pelo pertencimento. O aroma e o sabor são vinculados intrinsicamente ao gozo, sensação de bem-estar, de poder, em alguns fumantes até melhoria na concentração. Evidencia-se que o ato de fumar relaciona-se a questões sociais.

Lembro-me do filme Titanic, após o jantar, os homens se reuniam para fumar charutos, cachimbos, tomar o licor e dialogar sobre questões financeiras e pessoais.

Vemos o mesmo processo de socialização – atualmente – nos espaços reservados para os fumantes, os fumódromos, momento de diálogo, relaxamento e diversão compartilhado com outros dependentes.

É sabido que a nicotina atua no cérebro semelhantemente à cafeína, as reações e quadro de dependência diferem em relação aos níveis consumo do cigarro.

Talvez você já tenha ouvido estas frases: ‘Eu fumo, mas paro, quando eu quiser, não sou viciado.’ ‘Fumar não vicia, relaxa.’ ‘Eu não paro de fumar, para não engordar.’ ‘Fumar me relaxa, quando eu fumo fico mais criativo!’

Se você não é um Fumador Ativo, deve se perguntar: “Como pode ser tão bom e fazer tanto mal?”

Caro leitor, não há nada bom, saudável, positivo em consumir Tabaco; o ato de fumar é chamado de patógeno comportamental, ou seja, um conjunto de comportamentos/hábitos vinculados ao estilo de vida, 100% prejudicial à saúde de quem fuma e de todos os que o cercam, pessoas, animais, plantas, pintura nas paredes, objetos decorativos.

O Fumador estabelece um vínculo de personificação com o cigarro, charuto, cachimbo… Nesse processo o objeto fumável torna-se o maior e melhor companheiro de todas as horas, aquele que dá forças e alívio nos diversos momentos (crise e sucesso, perdas e ganhos). Diante desse quadro, o nosso papel (psicólogo e coach) é construir um processo de Superação do Vício do Tabagismo, viabilizar a compreensão de que todas as emoções e sentimentos de força, coragem, apoio originam-se na própria pessoa.

Diante da abstinência da nicotina, o corpo reage imediatamente com: nervosismo e irritação,  aumento dos batimentos cardíacos,  sensação de boca seca que podem avançar para quadros de insônia e depressão leve – quando a abstinência torna-se mais prolongada. Esse é o motivo que fazem com que muitas pessoas – no início do processo terapêutico – voltem a consumir o tabaco.

Outro fator importante a ser comentado é que essa busca incansável de prazer cuja preocupação consiste no fato de que pessoas fisica e psicologicamente dependentes de uma substância carregam consigo maior probabilidade de se tornarem dependentes de outras drogas, tais como: álcool, maconha, heroína, cocaína.

Libertar-se da dependência do Tabaco é possível, é necessária, é uma ATITUDE de CORAGEM e AUTOESTIMA em prol da própria vida. Em meus processos de Psicoterapia e Coaching de Superação do Tabagismo, 8 atitudes são imprescindíveis:

  1. Descobrir e entender os acionadores do desejo de Fumar.
    Autoconhecimento viabiliza a descoberta dos motivos subjetivos que levou a pessoa ao vício é um processo doloroso, mas libertador, porque a partir dessa descoberta e compreensão, você pode propiciar o contra-comando cerebral, diante do start: Hora de fumar. Você pode desenvolver o contra-comando, através de ferramentas da PNL.
  1. Compreender os espaços vazios na rotina diária preenchidos pelo cigarro.
    A compreensão dos vazios preenchidos pela fumaça é outro passo importante, pois viabiliza que a pessoa encontre preenchimentos saudáveis, ou conviver com os vazios de maneira qualitativa, desenvolvendo Alta Performance, usando técnicas da Inteligência Emocional.

3. Estabelecer o motivo da Liberdade.
Entender o passo do processo de libertação: Qual o motivo de se libertar? Para que se libertar? Como se libertar? Quanto custa se libertar? (emocional e financeiramente) Quando será o início da liberdade? Quem é o responsável pela libertação?

  1. Livrar-se dos objetos referentes ao consumo.
    Quando a pessoa se liberta dos objetos, produtos relacionados com o vício, principia o processo de autolimpeza, de desapego.
  1. Distanciar-se de pessoas que possuem o mesmo vício.
    Os amigos são importantes, mas os companheiros de vício não são motivadores para a libertação, esse é o motivo do distanciamento saudável, mudar as companhias é imprescindível. Melhoria Contínua é o entendimento de que a mudança efetiva é um processo, não acontece da noite para o dia.
  1. A hora da troca saudável.
    A abstinência é real, forte e virá exercer o seu poder sobre você. Nesses momentos, você deverá assumir o comando, dizendo ao seu cérebro quem manda, por exemplo: Diante da vontade de fumar, você diz: “Eu entendi a sua mensagem, mas somente – a partir – de agora, farei diferente.” Ao invés de fumar, beba 1 copo com água, coma uma fruta fresca ou desidratada (ameixas, damascos secos, uvas passas), ou nozes, castanhas, amendoim.
  1. Fazer atividades prazerosas.
    Eleja atividades singelas e cotidianas que propiciem prazer, relaxamento. Busque dialogar sobre outros assuntos com os novos companheiros.
  1. Solicitar ajuda da família, parentes e amigos.
    A família, os parentes e amigos são pessoas que nos amam, que querem o nosso bem, muitos podem ajudar a pessoa no processo de libertação; outras não, por estarem igualmente dentro do contexto do vício. Contudo, tornar a SUA DECISÃO conhecida, pública, traz para você Autoridade e liderança sobre sua própria vida.

Homem, a dependência do Tabaco não representa PODER, VIRILIDADE. A dependência de drogas lícitas (álcool, comida e tabaco) e todas as ilícitas significa que você possui um Transtorno de Ansiedade, indica que você pode SER MAIS SAUDÁVEL, que precisa DECIDIR por você e USAR o seu QUERER para transmitir o seu PODER MASCULINO.

Mulher, a dependência do Tabaco não representa CHARME, MODERNIDADE. A dependência de drogas lícitas (álcool, comida e tabaco) e todas as ilícitas significa que você possui um Transtorno de Ansiedade, indica que você pode SER MAIS SAUDÁVEL, que precisa DECIDIR por você e USAR o seu QUERER para transmitir o seu PODER FEMININO.

Todos vamos morrer, isso é inevitável.
Agora está na sua mão o poder de evitar a morte pelo tabagismo.
O seu querer tem o PODER de libertar-se das estatísticas.

Abraços Motivadores da Melcina.

Melcina Moura MorenoLivre-se do Trago da Morte com 8 atitudes!
Leia Mais

DIVERSÃO, COMIDA, ALEGRIA e FRATERNIDADE no Bixiga

No comments

Festas de rua aguçam minhas memórias mais remotas: ruas de terra, cadeiras nas varandas, adultos conversando, vizinhos de prosa nos portões das casas de muros baixos, a criançada correndo (caindo, levantando), brincando… o tempo em os balões eram inofensivos, as pessoas sorriam, assobiam caminhando para o trabalho, um tempo antigo, parece filme, mas não é – foi realidade nos bairros das grandes capitais, nos anos 60, 70, 90 do século passado.

Nos dias atuais, nas metrópoles, resistem as festas italianas, nas ruas dos bairros tradicionais. Ir a essas festas é sinônimo de Elegância (a arte de conviver com pessoas diferentes de você), de Fraternidade (a renda é destinada a obras assistenciais)  e de Mindfulness (a capacidade de se concentrar na experiência do presente: o desafio delicioso).

Quebra de protocolo: Você já comeu macarrão, em pé, na rua?

É um desafio delicioso. Desafio, porque equilibrar um prato de espaguete ao molho vermelho, em pé, na rua lotada é um exercício de flexibilidade e criatividade. Delicioso, porque o sabor do macarrão servido em festas italianas tem o seu lugar no TOPO dos sabores, é um macarrão de respeito. Os preços são justos e a fartura é verdadeira.

Confesso que não aprecio a ‘muvuca’ dos lugares lotados, por isso sugiro que você vá a essas festas no início da noite, em torno das 19h, porque as filas estão pequenas, a rua um pouco vazia.

Agora, se você não possui essa restrição: “Se Joga!”

Um passeio propício para famílias, casais, amigos e momento solo. Durante sua permanência na festa, você sentirá a energia HUMANA, pessoas sorrindo, saboreando momentos.

As barracas se perfilam apresentando delícias em massas, um festival de sabores embalados nos sorrisos altruístas das pessoas da comunidade que nos servem com muita ternura e animação.

Durante o mês de Agosto (sábado e domingo), a festa italiana em Sampa é a de Nossa Senhora de Achiropita, na Bela Vista, o conhecido e tradicional bairro do Bixiga.

Boa pedida, para fechar o domingo dedicado ao Dia dos Pais.
Eles vão se lembrar dos tempos de juventude!

Se você for no sábado – 19/8, podemos nos encontrar e, ao som da música alta, conversarmos e saborearmos o tradicional Espaguette das mamas dos Bixiga! Veja imagens da Festa!

Ouse sair da zona de conforto. Vença Barreiras religiosas, sociais. Vá Além conheça novas possibilidades de exercer a fraternidade.

Abraços Festivos da Melcina.
CEO

“Estamos VIVOS!
Kaizen: Melhoria Contínua, porque O MELHOR – ainda – está por vir.”

Melcina Moura MorenoDIVERSÃO, COMIDA, ALEGRIA e FRATERNIDADE no Bixiga
Leia Mais